Como calcular os juros do cheque especial

Você sabe o que é cheque especial?

Como ele funciona?

Quer saber como calcular os juros do cheques especial?

Veja este artigo até o final e descubra o que é e como calcular os juros do cheque especial.

No artigo você vai ver:

  • O que é e como funciona o cheque especial;
  • A fórmula para calcular os juros do cheque especial ; e
  • Como calcular os juros do cheque especial a partir da movimentação mensal de uma conta corrente.

Se você usa o cheque especial, pretende utilizar ele para alguma eventualidade, está em dúvida entre usar o cheque especial ou outro tipo de crédito, ou simplesmente deseja saber mais sobre este tema, logo este artigo é é super importante para você.

Assim,  leia detalhadamente o artigo e tire suas dúvidas sobre essa importante modalidade de crédito no Brasil.

Vamos inicialmente entender o que é cheque especial.

O que é o cheque especial

Quando falamos de cheque logo lembramos daquelas folhas que recebemos dos bancos,  onde preenchemos e assinamos para pagar alguma compra no comércio.

Não é verdade?

Realmente cheque é isso mesmos.

Mas o cheque especial, é algum tipo diferente de cheque?

Na verdade, apesar de ter o nome de cheque, o cheque especial é na realidade uma forma de empréstimo pré-aprovado pelos bancos para seus clientes.

De forma simplificada, podemos dizer que o cheque especial funciona da seguinte forma:

  • Você precisa fazer algum pagamento, mas não possuir saldo em conta corrente suficiente;
  • O  seu banco lhe dá um crédito, você faz o pagamento e sua conta fica negativa;
  • O banco vai cobrar juros sobre este saldo negativo da sua conta corrente.

Mas o que são esses juros do cheque especial?

Os juros do cheque especial

De maneira bem direta, podemos dizer que os juros dos cheque especial são a remuneração que o banco vai obter por ter lhe emprestar o dinheiro.

Os juros irão servir para pagar pelo custo do dinheiro,  de maneira a cobrir os saldos negativos da sua conta corrente ao longo de um mês.

Eles são obtidos a partir da aplicação das chamadas taxas de juros.

Mas o que são as taxas de juros?

As taxas de juros do cheque especial

Podemos afirmar que as taxas de juros do cheque especial são os percentuais que serão aplicados sobre os valores e tempo em que sua conta ficou negativa.

As taxas de juros do cheque especial estão entre as mais altas das operações de empréstimo do mercado financeiro brasileiro.

Logo devemos ter sempre muito cuidado no seu uso.

Assim, é sempre recomendável ter muita cautela na utilização dos cheques especiais, pois as taxas chega a ficar acima de 10 % ao mês.

Quando comparamos com a inflação anual no Brasil, que hoje está por volta de 6%  ano, podemos ver como essas taxas são altas.

Uma observação importante,  é que as taxas de juros geralmente são apresentadas na forma percentual, como 12% por exemplo.

Porém, no momento de fazer o cálculo temos que utilizar a forma decimal.

Digamos que seja 12% ao mês.

Neste caso teríamos que dividir 12 por 100;

12% = 12/10 = 0,12

Logo ,podemos dizer que 12% é a mesma coisa 0,12.

Não se preocupe com isso por enquanto, mais a frente vamos detalhar melhor o cálculo.

Mas como essas taxas incidem sobre o saldo devedor do cheque especial?

Existe alguma fórmula para calcular os juros do cheque especial?.

A fórmula para calcular juros do cheque especial

Normalmente as taxas de juros deste tipo de empréstimo são apresentadas pelos bancos como taxas mensais de juros.

Por exemplo:

  • 10% ao mês
  • 7,87% a.m.
  • 0,12 ao mês

Para calcular os juros precisamos saber, além da taxa de juros, quanto tempo sua conta ficou negativa e qual valor o banco teve de cobrir na sua conta.

Precisamos então de 3 informações para calcular os juros:

  • A taxa de juros do cheque especial;
  • O valor negativo da sua conta corrente (o valor que o banco financiou);
  • O tempo de financiamento (por quanto sua conta ficou negativa).

Para calcular o valor dos juros basta utilizar a seguinte fórmula:

fórmula para calcular os juro do cheque especial

Vamos para um exemplo prático?

Exemplo prático de cálculo dos juros do cheque especial

Suponha que você tenha ficado com conta bancária negativa de R$ 800,00 reais por 10 dias.  E que o seu banco lhe cobra 12% por mês de taxa de juros do cheque especial.

Quanto você deverá pagar de juros?

Como podemos fazer o cálculo dos juros do cheque especial nessa situação?

Vamos inicialmente identificar as informações que temos.

Quais informações temos?

Temos as seguintes informações:

  • A taxa de juros do cheque especial = 12% ao mês = 12/100 = 0,12
  • O valor negativo da sua conta corrente (o valor que o banco financiou) = R$ 800,00
  • O tempo de financiamento (por quanto sua conta ficou negativa) = 10 dias

Inserir essas informações na fórmula vista anteriormente.

Aplicação da fórmula

Agora que já temos as informações, basta inserir elas na fórmula para calcular os juros do cheque especial visto anteriormente:

fórmula juros cheque especial

Assim,

exercício resolvido juros cheque especial parte 1

 

 

 

Fazendo os cálculos temos:

exercício resolvido juros cheque especial parte 1

 

 

 

Logo iremos pagar R$ 32 reais de juros pelos 10 dias em que a conta corrente ficou R$ 800,00 negativa.

Muito simples não é?

Na prática o que pode ocorrer é que em alguns momentos seu saldo da conta vai ficar negativo e em outro positivo.

Ou até mesmo com valores negativos maiores.

Como fazer estão para estimar os juros do cheque especial de um mês de movimentação na sua conta corrente?

.

Veja este exemplo logo a seguir,  onde vamos mostrar um exemplo mais completo do cálculo dos juros do cheque especial.

Como calcular juros do cheque especial – exemplo completo

Digamos que você tenha as seguintes movimentações financeira em sua conta corrente bancária para o mês de abril de um ano qualquer.

movimentação de conta corrente

Note que, na medida em que as movimentações financeiras de débito e crédito  ocorrem, o saldo em alguns momentos fica positivo e em outros fica negativo.

Para calcular os juros do cheque especial precisamos saber em que momentos o saldo da conta corrente ficou negativo e por quantos dias.

Neste caso específico temos 3 momentos em que o saldo ficou negativo:

  • entre os dias 09/04 e 15/04 que ficou negativo de R$ 500,00
  • entre os dias 18/4 e 25/4 que ficou negativo de R$ 1.100,00
  • e entre os dias 25/4 e 30/4 que ficou negativo de R$ 1.600,00

Para você entender melhor, vamos colocar essas informações em um quadro com o número de dias em que cada saldo ficou negativo:

 

exercício resolvido juros cheque especial parte 2

Vamos supor também que a taxa do cheque especial do seu banco seja de 11,52 % ao mês.

Lembramos que a taxa de juros deve ser utilizada no formato decimal.

Neste caso você deve usar na fórmula o valor de 0,1152.

11,52% = 11,52/ 100 = 0,1152

Agora que você já tem todas as informações necessárias para calcular os juros do cheque especial, é só aplicar a fórmula que usamos no exemplo anterior para cada um dos períodos negativos.

  • entre os dias 09/04 e 15/04 que ficou negativo de R$ 500,00

exercício resolvido juros cheque especial parte 2

  • entre os dias 18/4 e 25/4 que ficou negativo de R$ 1.100,00

exercício resolvido juros cheque especial parte 3

  • e entre os dias 25/4 e 30/4 que ficou negativo de R$ 1.600,00

exercício resolvido juros cheque especial parte 4

Resumindo todos os valores acima, temos:

Resumo do cálculo de juros do cheque especial

Desta forma, o total de juros a ser pago pelo uso no cheque especial será de R$ 71,81.

É importante ressaltar também que, além dos juros, o banco também vai debitar o Impostos sobre Operações Financeiras (IOF) e, em alguns casos,  taxas bancárias.

Todavia, alguns bancos, como forma de atrair mais clientes, não cobram juros do cheque especial durante períodos muito curtos, normalmente até 10 dias.

Muitas pessoas utiliza o cheque especial sem muito critério. Todavia, isso pode ser muito prejudicial.

Cuidado que devemos ter com o cheque especial

Reforçamos que o cheque especial deverá ser utilizado sempre com muita cautela e de forma consciente.

Afinal, como comentamos anteriormente,  as taxas de juros no Brasil para este tipo de operação de crédito são muito elevadas.

Logo, antes de utilizar o cheque especial é interessante você:

  • Verificar a possibilidade de negociar diretamente com o credor uma prorrogação no pagamento, ou alguma taxa de juros menor que o do cheque especial.
  • consultar as taxas cobradas pelo seu banco
  • pesquisar  se não existe alguma outra alternativa de crédito melhor para sua necessidade.

Esperamos sinceramente que você tenha gostado deste artigo.

Escrevemos ele com muito cuidado para lhe ajudar a entender melhor como funciona o cheque especial

Caso tenha alguma dúvida, ou sugestão,  deixe aqui na parte de comentários deste artigo.

Se você gostou deste artigo pedimos que compartilhe ele através dos botões sociais abaixo.

Muitíssimo obrigado pelo leitura!

Até a próxima,

Prof. Flávio Moita

Como calcular juros do cheque especial

Summary
Review Date
Reviewed Item
artigo e texto excelente
Author Rating
5

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.