O que é inflação e como calcular o ganho real de uma aplicação

Seja bem vindo a mais um post no nosso blog. Neste artigo vamos discutir sobre um tema muito presente na nossa vida cotidiana, a inflação.

Acompanhamos diariamente o reflexo da inflação na nossa vida através dos aumentos ou diminuição de preço dos bens que consumimos.

No artigo você irá entender, através de exemplos do dia a dia, o que é inflação e como ela afeta nossa vida. Além disso vamos apresentar um modelo para calcular ganhos reais de investimentos, descontada a inflação do período.

Também iremos disponibilizar para download a planilha em Excel do modelo visto no artigo.

Quero baixar a planilha!

 

Os preços dos produtos no mercado

Você já parou para pensar porque um mesmo produto pode ser vendido mais caro dependendo da situação ou onde ele é comprado?

  • Um pacote de pipoca vendido na porta da escola é muito mais barato que na entrada do cinema.
  • Uma garrafa de água mineral é muito mais cara em um show do que em um supermercado
  • Um cachorro quente é muito mais caro em um parque aquático.
  • O tomate na feira é vendido por preços diferentes a cada dia. Inclusive ao final da feira ele costuma baixar de preço.

simulador de financiamento de veículosPois é, você pode dizer que são os efeitos do marketing não é?

Sim, podemos concordar que em parte os preços mais elevados desses produtos tem relação direta com o poder do marketing.

Porém, se analisarmos melhor este tipo de situação vamos ver que em todas elas as empresas que cobram mais caro colocam o consumidor em uma situação de escassez.  Situações onde temos muito mais consumidores querendo comprar por produtos onde não existe alternativa.

Opa, mas não estamos falando de inflação?

O efeito da escassez e da abundância na inflação

escassezPara entender o que é inflação precisamos saber o que vem a ser escassez, pois os dois conceitos estão diretamente interligados.

O dicionário nos diz que escassez é a falta de um bem ou serviço em relação à sua necessidade. Sim a escassez depende da necessidade, também chamada da procura ou mesmo demanda.

Se temos um produto disponível no mercado onde temos mais procura do que oferta temos escassez.

E o contrário teremos o quê?

Sim, quando temos um produto no mercado onde temos mais produtos ofertados do que a procura, podemos dizer que estamos em uma situação de abundância.

Segundo dicionário abundância é aquela situação quando temos quantidade excessiva de um produto ou serviço,  muito superior ao necessário.

A inflação nossa do dia a dia

feiraQuer ver o efeito da escassez e da abundância na prática?

Veja a variação dos preços de frutas e verduras no supermercado.

Ou melhor, vá para algum centro de abastecimento de frutas e verduras na sua cidade e veja como é formado o preço de venda desses produtos.

Você vai notar que quando se tem mais pessoas para comprar um produto que se encontra escasso o preço sobre. O contrário também é verdadeiro, se temos mais produtos disponíveis para venda do que a procura por eles o preço tende a baixar.

Se consideramos somente um produto ou serviço podemos associar o aumento ou diminuição dos preços com a relação oferta e procura dos produtos.

Mais aí você pode dizer, sim mas não é somente isso. Existem outros fatores que influenciam o preço como a necessidade ou mesmo o marketing.

Sim, você tem razão, é verdade. Alguns produtos são vendidos mais caros em função dos esforços de marketing e outros que mesmo com aumento de preço não diminuem a demanda.

Mesmo assim podemos associar esses conceitos fundamentais aos efeito da inflação.

Mas o que seria inflação?

O que é inflação?

Se nós pensarmos na economia como um todo, com todos os bens e serviços disponíveis e todos os recursos capazes de comprar esses bens, também teríamos um efeito semelhante.

Se temos mais dinheiro na economia que a capacidade de oferecer bens teremos aumento de preços, ou inflação.

O contrário também é válido, se temos menos dinheiro na economia que bens disponíveis teremos diminuição dos preços.

Assim, podemos afirmar que a inflação é o efeito do aumento generalizado de preços na nossa economia.

Você poderia questionar então, como teremos mais dinheiro na economia? quem controla o dinheiro na economia?

Quem é o responsável por controla a inflação?

inflaçãoQuem  controla o dinheiro na economia é o Banco central do Brasil, também chamado "banco dos bancos". É responsabilidade do Banco Central o controle do poder de compra da moeda nacional, o real. Um dos principais objetivos do banco central é exatamente controlar a inflação.

Já há muitos anos o governo federal trabalha com o chamado regime de metas de inflação. Que nada mais é que se estabelecem valores a serem atingidos para inflação, com certos limites de variação.

Através dos mecanismos disponíveis pelo governo e em especial pelo banco central buscasse um equilíbrio entre o dinheiro disponível e a capacidade da economia de forma a se atingirem as metas para inflação.

Como a inflação afeta os resultados dos nossos investimentos

Agora que você já sabe o que é inflação, como ela surge  e quem é o responsável por controla-la, vamos analisar seu efeito sobre os investimentos.

Suponha que você tenha comprado em primeiro de janeiro de um ano qualquer um terreno por R$ 50.000, 00 e no último dia desse mesmo ano você tenha vendido por R$ 80.000,00.

Quanto você ganhou com este investimento desconsiderando todos os custos de transação (Impostos, taxas e comissões) e de manutenção?

Se você recebeu R$ 80.000,00 de um investimento de R$ 50.000,00 seu rendimento em Real foi de R$ 30.000,00( quarenta mil Reais).

Em percentual bruto temos 60% de retorno ( 30.000/50.000 *100= 60%)

Veja como calcular esta porcentagem e outras do nosso dia a dia em um outro artigo deste blog:

http://calculadorajuroscompostos.com.br/como-fazer-conta-de-porcentagem/

 

Poder de compra descontado  a inflação

tabela SACVocê pode questionar se  esses 60% de retorno são reais?

Claro que não, pois ao longo do ano os preços dos bens na economia poder ter variado, possivelmente para mais. O que você comprava no início do ano com os R$ 50.000,00 investidos não irá comprar na mesma quantidade no final do ano.

Então, caso tenha tido inflação, seu rendimento deve ter sido menor que 60%.

Vamos supor que a inflação do ano tenha sido de 20%, quanto seria o retorno percentual do seu investimento?

Teria sido de 40%? afinal você teve um torno bruto de 60% menos a inflação de 20% teríamos um retorno de 40%.

Esse cálculo está correto?

Claro que não pois o efeito da inflação é cumulativo e calculado levando em consideração o regime de juros compostos.

Para entendermos melhor como podemos calcular o ganho descontado a inflação, você tem que imaginar quanto você conseguiria comprar com os mesmos R$ 50.000,00 investidos no inicio do ano ao final daquele mesmo ano.

Ora, se a inflação foi de 20 %, ao final do ano teríamos que ter 20% a mais de dinheiro para comprar a mesma quantidade de bens. Assim, teríamos que ter  R$ 60.000,00 ( 50000 + 20%).

Dizemos então que as quantias de R$ 50.000,00 no inicio do ano e R$ 60.000,00 são equivalente em termos de poder de compra.

Cálculo do Ganho real de uma aplicação descontando a inflação

Para calcularmos o ganho líquido, descontado a inflação,  basta calcularmos o ganho percentual considerando o valor equivalente do investimento no final do ano (R$ 60.000,00).

Dessa forma, você teria um ganho líquido em reais de R$ 20.000,00 (80.000,00-60.000,00). E retorno percentual já descontada a inflação.  de 33,33 % ao ano ( 20.000/60.000 *100).

Ou seja, para calcularmos o retorno líquido descontada a inflação temos que encontrar o valor do poder de compra do investimento no ato da venda e a partir dele encontrar o retorno líquido.

Para você converter este retorno percentual e retorno mensal veja este outro artigo no nosso blog:

http://calculadorajuroscompostos.com.br/converter-taxa-de-juros-compostos/

Planilha em Excel para calcular o ganho real de uma aplicação descontando a inflação

Mas você pode me perguntar, como posso fazer isto usando uma maneira mais simples e prática?

Para tanto,  vou mostrar para você como montar uma planilha no Excel para fazer esta cálculo de forma repetitiva.

Se você quiser baixar a planilha já pronta basta clicar no link:

Quero baixar a planilha!

 

Digite as seguintes as informações em uma planilha excel:

  1. na célular A1 : investimento
  2. na célular A2: Resgate
  3. na célular A3 : Inflação
  4. na célular A5 :Taxa de retorno Bruto
  5. na célular A6 : Taxa de retorno descontado a inflação
  6. na célular B1 : 50000
  7. na célular B2: 80000
  8. na célular B3 : 20%
  9. na célular B5 :=(B2/B1)-1
  10. na célular B6 : =(1+B5)/(1+B3)-1

Configure as seguintes células:

  1. B1 e B2: para moeda com 2 casas decimais
  2. B3, B5 e B6: percentual com 2 casas decimais

Ao final você terá a seguinte planilha:

Planilha para cál da taxa de retorno líquida descontada a inflação

 

Veja abaixo um vídeo com os procedimentos:

Resumo do artigo

Segue abaixo um infográfico com resumo do que é inflação.

o que é inflacao

 

Esperamos que você tenha gostado do post. Caso tenha alguma dúvida, poste em comentários.

Pedimos também que compartilhe este post nos link sociais logo abaixo.

Muito obrigado!

Até o próximo post!

Gostou do Artigo?

Se inscreva e acompanhe nossa lista de e-mail para ficar atualizado!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.